X EDIÇÃO / 30 JULHO 2017

A  Vila de Fontes recebeu uma vez mais as 3 horas de Resistência de 50cc, o regresso de um fim-de-semana pleno de ação e emoções fortes.

Este ano comemorava-se Xª edição da "Xassos Urban Cup – Fontes", e é surpreendente que, passadas todas estas edições, o XUC não perde gás,  assumindo-se como uma das competições mais importantes do país, continuando a impressionar pela média de presença de pilotos.

A organização mostrou-se mais uma vez atenta, criando e juntando a categoria "Xassos Veteranos" às três categorias já existentes. Potenciou-se assim uma festa ainda mais familiar, com pais e filhos a competirem em simultâneo, fazendo com que a "Xassos Urban Cup – Fontes" seja mais do que uma competição:  é uma autêntica festa, uma grande família onde todos são bem-vindos!

As 3h de Resistência de 50cc na Vila de Fontes continua uma prova única. A prova-lo estão os 96 pilotos presentes, que deliciaram o muito público presente.

Com tem sido habitual, o secretariado abriu as portas às 9h para inscrições e respetivas verificações técnicas. Os treinos livres iniciaram às 12h45, tendo todas as equipas disposto de três quartos de hora para as respetivas afinações das suas máquinas e  conhecimento do traçado.

O melhor registo dos treinos ficou este ano na posse da equipa #151 – MB Racing - constituída pelos pilotos Mário Brás/José Monteiro, da categoria Pró-Xassos.

Volta de Honra…

Aberto a quem quiser fazer parte desta magnifica e mítica volta de apresentação, onde juntamente com os pilotos "oficiais" montados nos seus xassos, todos fizeram a volta de honra. Como habitual ,sem capacete, saudando-se o público em geral, que também faz parte da festa. É sem dúvida uma volta onde a simbiose de emoção e alegria é contagiante em todos os presentes.

As 3h de corrida adivinhavam-se duras e muito exigentes, por culpa da temperatura que se fazia sentir. Dava-se início a X ª edição dos Xassos, a corrida mais louca e quente de motorizadas no mundo.

 

XASSOS

Com a presença de 16 equipas constituídas por 24 pilotos, a classe dos Xassos efectuou este ano 75 voltas durante as 3h. A equipa vencedora foi a dorsal #34, " Manos Team JF", com o piloto natural da "Meca", o fontense João Ferreira, que comandou de forma exímia a sua Macal m83. Foi sem dúvida um grande feito o que o jovem piloto João Ferreira conquistou ao conseguir uma vitória tão categórica na categoria rainha – Classe Xassos – ao fazer história logo numa edição tão especial como esta, onde se comemorou a Xª edição dos Xassos.

Nos lugares seguintes do pódio terminaram as equipas "Queima Velas 2", com o dorsal #11, constituída pelos pilotos David Martins / Emanuel Nóbrega com uma XF21, e no último degrau do pódio, num honroso terceiro lugar, terminou a equipa "Queima Velas", (vencedor no ano transacto) com o dorsal #1, com o piloto Telmo Martins aos comandos Honda CRM50, com 70 voltas.

Destacamos ainda a grande corrida realizada pela equipa "Moto Club Sem Nome", com dorsal #22, piloto David dos Santos Miguel, (radicado no Luxemburgo) aos comandos do seu “xasso” Vilar - fez uma prova com grandes peripécias pelo caminho: desde ficar sem gasolina longe das boxes, ter gripado o motor, e ainda ter tido tempo para vir a terminar em quinto na classificação geral do Xassos a 13 voltas do vencedor.

Na classificação geral, a equipa "#34 Manos Team JF", com o piloto João Ferreira, terminaria num honroso 5º lugar, com menos 5 voltas para a equipa vencedora "#56 – CPV Racing 2", equipa formada por Vitor Sabino e Luís Godinho. A equipa "#11 Queima Velas 2" David Martins / Emanuel Nóbrega terminaram na 7º posição geral com 8 voltas de diferença, e a equipa "#1 Queima Velas", com o piloto Telmo Martins, terminou na 10º posição, com 10 voltas de diferença. Resumidamente, colocaram-se três equipas da categoria Xassos no top-ten na classificação geral.

 

PRÓ - XASSOS 

Presentes na categoria dos Xassos mais "vitaminados" (Pró-Xassos) foram 33 equipas, compostas por 66 pilotos. Nos últimos anos a competividade nesta categoria tem sido grande, e é fantástico que durante as 3 horas de corrida a indefinição da equipa vencedora é sempre constante, sendo sempre uma incógnita. É sempre necessário aguardar pela última volta para saber quem é o grande vencedor do ano. Este ano não fugiu a regra, e a vitória sorriu à equipa com o dorsal "#56 – CPV Racing 2", equipa formada por Vitor Sabino e Luís Godinho, aos comandos de uma bem preparada SIS Sachs Lotus, com 80 voltas, com um tempo total de 3h01:23.307.  Na segunda posição do pódio terminava a equipa com o dorsal "#82 a Moto Marão" constituída pelos pilotos M. Nunes, E. Cabral e F. Nogueira, aos comandos de uma DT 50. Também aqui estavam campeões de edições anteriores. No último lugar do pódio terminou, com o dorsal #82, a equipa "378", formada por N. Santos, H. Santos e V. Santos, aos comandos de uma bela Aprilia AF1.

 

XASSOS VETERANOS

Uma das grandes novidades para este ano, como já havíamos referido, foi criar uma categoria especificamente para os pilotos com idades superiores a 50 anos, intitulada de "Xassos Veteranos". As equipas participantes apenas têm obrigatoriedade de apresentar os seus pilotos com mais de 50 anos para poderem contar para a classificação desta classe. Neste primeiro ano foram três equipas presentes mas percebeu-se que esta alteração tem margem para evoluir, devendo mesmo ser uma aposta ganha. Foi a classe que mais elogios granjeou, e onde existiram mais pedidos para a mesma continuar nos próximos anos. Desde já se adianta que esta categoria marcará presença na próxima grelha de partida.

Nesta primeira edição dos " Xassos Veteranos" a vitória foi para equipa de Castelo Branco com o dorsal #121, os "Ferroviários", formada pelos pilotos Luis leitão e Álvaro Vale, que aos comandos de uma DT50 concluíram 70 voltas com um tempo de 3h03:04.549. Na segunda posição terminou a equipa #125 – "AMC", com os pilotos António Costa e Ricardo Silva aos comandos de uma fantástica Kreidler Flroret, com 61 voltas. Na terceira posição ficou a equipa #130 - "Galgo Racing" com os pilotos Paulo Fontoura e Artur Matias aos comandos de uma Suzuki Wolf, também com 61 voltas.     

 

 TRÓFEU XASSO + XASSO (DE TODOS) 2017

A eleição deste ano foi complicada para o júri da organização, que teve muita dificuldade em eleger o Xasso + Xasso de todos (os presentes), devido a um grande número de Xassos candidatos ao trono. Mas a decisão tinha que ser tomada, e a vitória foi para a equipa dorsal #22 "Moto Club Sem Nome" com a sua Vilar de 1982 pilotada pelo simpático David dos Santos Miguel.   

 

TROFÉU XASSO + LONGÍNQUO 2017

O troféu para a equipa que se apresenta na prova oriunda de mais longe, resumidamente, aquela que faz mais quilómetros e sacrifícios para participar na Meca dos Xassos.

Este ano a equipa vencedora foi de Madrid, equipa já repetente nestas andanças, a #95  "Lagoness Team Racing", formada pelo simpáticos  pilotos A. Gonzalez e M. Barguilla .

Não podíamos deixar passar em claro e esclarecer o erro que sem querer cometemos:  Uma vez que este prémio é oferecido à equipa que mais quilómetros realizam, a equipa de Madrid por sinal não seria a vencedora, devido à distância entre Fontes a Madrid ser de (apenas) 519 kms... Estiveram presentes equipas que fizeram mais quilómetros: 614, no caso as equipas de Silves - Algarve. Pedimos as nossas sinceras desculpas também por esta via...A verdade é que o facto da equipa vencedora ter sido uma equipa de fora, de outro país, levou-nos ao erro... Portugal também é grande, e vocês foram de facto os de mais longe. 

 

Vila de Fontes…

Desde há muito caída nas boas graças dos motociclistas e de todos os aficionados por este tipo de corridas, uma vez mais esta pequena vila transmontana teve a visita de muitas centenas de pessoas vindos de todo o país e do país vizinho. O clima esteve óptimo e proporcionou um alongado, agradável e animado fim-de-semana; agora resta alguma nostalgia e esperar pela próxima … pela XI.ª Edição.

Um obrigado a todos os presentes! 


PÓDIOS
CATEGORIA "XASSOS"

1º Lugar - Manos Team JF2º LugarTeam Queima Velas 23º LugarTeam Queima Velas


CATEGORIA "PRÓ-XASSOS"

1º Lugar - CPV Racing 2 / 2º Lugar - Moto Marão / 3º Lugar - 378 

Podio Pro Xassos 2017.JPG

TROFÉU "VETERANOS XASSO"

1º Lugar – Ferroviários / 2º Lugar - AMC / 3º Lugar – Galgo Racing 

Podio Veteranos Xassos.JPG

TROFÉU "XASSO+XASSO"

Moto Clube Sem Nome (Luxemburgo)

ToféuXassos+Xasso 2017.JPG

TROFÉU "XASSO+LONGUÍNQUO"

Lagoness Team Racing

Troféu + longincuo.jpg

Recorda-te como foi.

É por tudo isto que o Xassos Urban Cup acontece todos os anos.